Tudo se resume ao futebol

Eliakim Araujo, Direto da Redação
 
Jornalistas internacionais, que se encontravam nas Ilhas Falkland para a cobertura do plebiscito sobre a opinião dos moradores em relação à permanência da soberania britânica, foram apanhados meio de surpresa com a escolha do novo Papa.   E, como sói acontecer quando jornalistas se juntam, rolou um clima bem descontraído entre eles. E não faltou uma boa dose de humor e gozação em cima dos nuestros hermanos argentinos.

Quem primeiro chegou com a notícia foi o jornalista tcheco Jeri Hasek, que apareceu no lobby do hotel esbaforido e dirigindo-se aos argentinos : "Vocês tem um Papa! Um Papa argentino! "

O jornalista argentino Marcos Brindicci, que conta essa história, diz que saiu do hotel e foi dar a notícia aos colegas de trabalho da Reuters TV. Um deles, Patrick Watts, um jornalista das Ilhas Falkland, respondeu em tom de gozação: "Bem, vocês não podem ter as Malvinas, mas pelo menos vocês têm um Papa".

A reação de um jornalista chileno foi igual ao que muita gente pensa de nossos vizinhos: "Meu Deus, se vocês argentinos se julgavam melhor antes, agora vão ficar insuportáveis”.
Artigo Completo, ::AQUI::

Nenhum comentário: